quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Pequeno comentário cinematográfico: Ratatui

Bem, isto não é habitual, mas aproveito a deixa duma nossa compincha dos tempos do Yakalike para lançar uma nova rubrica aqui no estaminé. O pequeno comentário cinematográfico. E, pasme-se, nem vou falar de... CLIVE OWEN!!!

Ora, como o cinema chega ao mundo dos esquilos com algum atraso (assim tipo Portugal Pré-25 de Abril – ou será pós-25 de Abril, quando começaram a chegar os filmes todos que tinham sido censurados antes? Adiante.)... Como eu dizia, como os filmes chegam ao mundo dos esquilos com algum atraso, hoje vou tecer um breve comentário a um filme que estreou há uns meses e que muitos consideram um dos melhores filmes do ano de 2007: o Ratatui.


E então, cá vai: NÃO PERCEBO! Vi o Ratatui neste fim-de-semana e não consigo compreender o que é que toda a gente vê neste filme. Pronto, está bem, tem alguma piada. Mas daí a ser tão louvado como tem sido...

Se calhar sou eu. Para mim um desenho animado tem de ser completamente disparatado ou ter algo que o distinga dos outros a nível técnico.
Este é demasiado sério... E também não achei que fosse uma novidade a nível técnico por aí além, como foi, por exemplo, o Rei Leão, no seu tempo – animação que, apesar de lamechas, eu tanto gosto, devido a esse tal avanço para a época e aos impagáveis Timon e Pumbah da versão portuguesa.

Ainda se fosse com esquilos!

Vá, pronto, dêem-me lá na cabeça…




Blogger Peter of Pan disse...

Não gostaste porque és racista! Esquilos e ratos é pior que israelitas e palestinianos, embora tenham mais em comum do que aquilo que querem admitir...

4 de janeiro de 2008 às 17:44  
Blogger Izzy disse...

Dar-te na cabeca? Oh minha querida esquila mas tu tens toda a razao! Filme sobrevalorizado do ano. Olha, recomendo que vas ver o filme dos teus primos "Alvin and the Chipmunks". O filme eh entretenimento light mas ao menos nao tem as pretensoes pseudo-intelectuais metidas ah besta desse rato. E, como bonus, ha uns esquilos a fazer um cameo...
A proposito, quando fui ver este filme tive uma das experiencias mais enfurecedoras da minha vida. A ver se ponho isso em "posta".

4 de janeiro de 2008 às 22:58  
Blogger Chanceler Silva disse...

Não faço intenção de ver o filme, mas se o fizer, vou de propósito procurar o DVD9 da coisa nos torrents.

6 de janeiro de 2008 às 01:03  
Blogger Liza Sunshine disse...

Eu gostei do Ratatouille e, ao contrário de ti, acho-o excelente a nível técnico. Se fizeres o exercício de pegar em imagens de todos os filmes de animação e as comparares, vais ver que o ratatouille se destaca dos outros. Pelo menos, acho-o bastante mais realista e interessante que os outros.

Acho, no entanto, um bocado inflexível da tua parte achares q os desenhos animados deviam ser disparatados. É uma opinião que eu respeito, mas digo-te que há aí muitos filmes sem muita piada, mas que são excelentes. Normalmente esses "não tão engraçados" são os japoneses. "The grave of the fireflies" (desculpa tar a dar os nomes em inglês, mas eu não conheço a maior parte dos nomes em português das animações japonesas, por isso prefiro tratá-las pelo nome inglês), é um filme fantástico, e se o vires não tem nada de engraçado... trata de dois irmãos durante a segunda guerra mundial que tentam sobreviver sozinhos, por isso dá para imaginar mais ou menos a seriedade do assunto. E no entanto, este filme, é considerado um dos melhores de sempre. Outro bom filme "sério" é o "Princesa Mononoke", também excelente. "Whisper of the heart" tem um titulo lamechas, mas é muito bom. E por aí fora...

Anyway, tudo isto para dizer que lá por os desenhos animados serem o tipo de filme favorito das crianças, não quer dizer que não possam ser também feitos desenhos animados mais dirigidos para adultos e sem tantas piadas. O cinema é uma arte, a animação faz parte dessa arte (se não for mesmo um pouco mais além); o cinema tem filmes de comédia e de drama apreciados de igual forma, porque é q animação há de ser diferente? :P

Bom e acho que já me alonguei de mais, mas eu adoro mesmo animação e não me consigo calar :P

7 de janeiro de 2008 às 21:42  
Anonymous Jota disse...

Pois eu vi o filme em DVD (na altura do lançamento nas salas de cinema foi-me impossivel por motivos profissionais) e, apesar de ser na televisão, gostei! Talvez não seja tão, tão..., ainda assim há uma notória evolução no traço, e mesmo na história em relação aos filmes anteriores da mesmq equipa! Só temos é que saber ve-lo e não dizer maç só por dizer!

13 de janeiro de 2008 às 17:38  
Blogger Farofia disse...

Eu queria ir ver.. mas depois disto ja tou na duvida.. ohhh

20 de janeiro de 2008 às 16:01  
Anonymous Katie disse...

Também não o achei nada de especial...

14 de fevereiro de 2008 às 13:14  
Anonymous Anónimo disse...

Desculpa lá! Mas só mesmo ujma pessoas que não percebe nada de cinema e que deve ir ao cinema um vez por ano....é ke diria uma coisa destas! O Ratatouille...está um espectáculo, tem tudo o que precisa para ser um filme 5*! e digo.te mais é obvio que Alvin an the Chipmunks....não está à frente!

Esquila, um desenho animado n tem que ser desparatado, tem que ser divertido (e o ratatui é), tem ke ter cabeça tronko e menbros...porke senão uma pessoas perde.se na história....e lá se vai um filme!
U filme a nivel técnico está tb maravilhoso...KOMPARA KOM OUTROS!
Goxtos nao se discutem...mas não kurto pessoas que ai e tal....isto é uma porcaria e não percebem nada der desenhos - animados!

Aconselho que toda a gente o vá ver, e que depois faça o SEU prórpio komentário!....

15 de abril de 2008 às 11:14  

Enviar um comentário

Criar uma hiperligação

<< Voltar